domingo, 17 de janeiro de 2010

Ecoline










Mais dos encantos da tinta mágica Ecoline. O primeiro desenho, segundo o desenhador, veio mais como uma zuação, que tentei traduzir como uma falta do que fazer ou, melhor, excesso de ócio e imaginação: sem rascunho, sem lápis por baixo, sem (ou com?) nada, só o pincel e a tinta. Daí para os dois seguintes foi um pulo...

Um comentário:

thalesmolina disse...

ô camilla, que bom receber comentario de volta de voces :) gostei muito do estilo desse blog! e vamos manter contato sim! bem, eu sou de sao paulo, mas ha tempos moro em pernambuco... quando vier visitar sua familia, dê um grito! haha :)