terça-feira, 20 de abril de 2010

Buffalo Bill

Buffalo Bill (William Frederick Cody) foi o maior caçador de peles vermelhas do oeste americano.



 Esse apelido, Buffalo Bill, ele ganhou ainda jovem, porque cuidou, sozinho, de toda a alimentação dos operários de uma estrada de ferro (que liga o leste ao oeste dos EUA); ele chegava a abater, por dia, dezessete búfalos!
 Em meados dos anos 1880, iniciou sua carreira artística. Seus shows contavam com improvisações, lutas com chefes de tribos indígenas e salvamentos de donzelas. A primeira peça encenada por Cody, Exploradores das Pradarias, foi escrita por Ned Buntline, levado ao palco após cinco dias de ensaio. Os shows correram o mundo, encantaram plateias e alguns foram recorde de público.  
 Ao que parece, essa necessidade de fama dos caubóis além de cenários do velho oeste, ou seja, em cima de palcos ou ao lado de câmeras (John Wayne não me deixará mentir) é mais frequente do que imaginava. Não sei se é uma maneira que eles encontraram para difundir o meio em que viveram, aliados à arte. É fato, entretanto, que existem reproduções das sangrentas épocas do velho oeste até hoje.

 
*
 Achei, no Google Vídeos, um episódio do Chapolin Colorado defendendo os índios do perigosíssimo Buffalo Bill (interpretado por Ramón Valdés). Voltei a minha infância! (Como ainda consigo dar risada com isso?). Sigam-me os bons aqui! :)

2 comentários:

vitão ..nice disse...

BUFALO BUFALO BUFALO BILLL BILL "funk"

Camilla disse...

hahahaha, essa música é péssima! Parece lavagem cerebral.