terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Ladrão que mata ladrão...

Como será que a população americana reagiu, naquele 3 de abril de 1882, ao saber do assassinato de Jesse James?

Como será que a população mundial reagiria com essa notícia, se fosse dada pelos principais meios de comunição da atualidade?

Se em 1882 existisse site da Folha Online, Plantão da Globo, Twitter, jornal Estadão, rádio CBN... Como a notícia seria dada aqui no Brasil? Qual caminho os meios de comunicação em massa tomariam para dar essa informação?

_

Uma possível manchete: Assaltante de bancos leva tiro na cabeça e morre.

_

Jesse Woodson James era apenas em assaltante de bancos?

Por que mataram Jesse James?

Justiça seja feita! Mas qual justiça, em terras sem leis?


•••


James foi agricultor. Matou pela primeira vez aos 14. Foi líder de quadrilha. Foi procurado com recompensa. Perdeu sua gangue. Restaram Charley e Robert Ford. Traidores?

Em três de abril de 1882, Jesse, Charley e Robert preparavam-se para um novo assalto. Enquanto Jesse removia o pó de um quadro, apoiando seu corpo sobre uma cadeira, Robert deu-lhe um tiro na cabeça. Jesse morreu.


•••


Se tivéssemos uma câmera na data, veríamos toda população correndo para ver o corpo de James. Assitiríamos passeatas de aspirantes a bandidos, tristes por perderem um ídolo. Assistiríamos passeatas de pessoas indignadas, portando cartazes, pedindo por paz. Em noticiários sensacionalistas, ouviríamos chefes de família murmurando um "bem feito". Diriam que Robert era invejoso. Anunciariam que James confiou demais nos irmãos Ford. A notícia correria por um tempo. Levantaria polêmicas e renderia entrevistas com especialistas.
_
Mas não tivemos nenhum aparato tecnológico que temos hoje para nos dizer com precisão sobre tudo o que aconteceu. Uma maneira viva para trazer fatos históricos à tona é com as representações artísticas. Recontando os fatos, como no filme mais recente sobre o assassinato de James, que saiu em 2007. Cria-se total domínio da situação, o que é um perigo. Quem transformou Tiradentes em um herói? E um fora-da-lei como Jesse James, também corre o risco de ser absolvido por todos os seus crimes? Ah, vá lá, para um dos mais famosos cowboys do Velho Oeste poderíamos até abrir uma exceção!